sábado, 23 de julho de 2011

Hoje, todos os meus dias são frios e cinzentos, falta luz, falta cor, falta você Thadeuzinho!




Está tão difícil atravessar esse inverno rigoroso que se transformou a minha vida. Nunca, nem no meu pior pesadelo poderia imaginar uma provação tão grande, não imaginava o que a vida tinha me reservado.
Tem horas que a dor não dá trégua , não cede, e viver se torna insuportável, principalmente ao entardecer, sempre detestei esse horário. Hoje é um desses dias que me sinto sem forças, vou rezar e pedir a Deus lucidez e serenidade para compreender os Seus propósitos, coragem para seguir ...
Como posso sentir alegria com alguma coisa meu filho, sem você, sem as suas gargalhadas, sem o seu jeitinho tímido, sem a ansiedade que tomava conta de você quando querias  alguma coisa, tudo tinha que ser imediatamente, senão, era o fim do meu sossego.
Peço que perdoe as minhas recaídas meu filho, não quero que você se preocupe com nada por aqui, quero que siga em frente, em paz meu amor.
Sei que o nosso Deus de amor e misericórdia está cuidando de você, e lhe dando o entendimento necessário ao seu crescimento e evolução.
Eu vou continuando por aqui, aguardando com resignação o dia do nosso sonhado reencontro e  pedindo aos anjos de luz, enviados de Deus , guiados por Maria de Nazaré, que levem até você todo o meu amor e a minha saudade.
E, o tempo está passando muito rápido filho, quando menos se esperar, estaremos juntos novamente.
Fique com Deus , eu te amo demais Thadeuzinho, nunca esqueça .

Um comentário:

Miguel de la T.P. disse...

Estimada amiga preciosa entrada la tuya, de nuevo aquí estoy, y aqui encuentro la paz Que busco, Aquí te encuentro a tí y tu Sabiduría llena de luz y amor la fuerza poderosa que nos da vida. Gracias!
Desde mi Jaén natal un abrazo