domingo, 13 de maio de 2012

Mais um dia das mães sem você meu filho ! Quantos ainda vou ter passar Senhor ?

Li esse poema na internet  de uma moça chamada Cintia Thomé, é um poema lindo e profundo. Nele fica a minha homenagem a todas nós ,  mães órfãs , que temos que passar pela mais dura e cruel provação a que um ser humano pode ser submetido.
Um beijo para você minha mãe, e para você meu Thadeuzinho, meu tesouro mais valioso ! Anjos da minha vida, na terra e no céu !



DIA DO MEU FILHO


Aos seus pés
Curvarei meu útero vazio
Quente mão minha a sentir a saudade
Na transformação de meu corpo
A buscar o encanto
A arte sagrada
A mãe soberana
A escolha de ser criadora
Parir carne viva
Flor fulgurosa no canteiro
No lar, no café das manhãs
No agasalho das noites estreladas
Fome do carinho meu


Buscarei a palavra que já não pode dizer
Embrenhando-me na falta de sentido
Numa lágrima, a palavra Filho
Agarrar seus pés ausentes
Para plenitude, o resplandecer
De a palavra Mãe ouvir
Fome de carinho seu
Semente adormecida no canteiro
Minhas mãos aos seus pés
Pedra fria
Separa a Sombra e a Luz
Mãe
Filho
Um fogo ardente vivo
Eternidade !


Cíntia Thomé 

6 comentários:

Marian disse...

Hola Royal! Me alegra saber de ti.
Espero que este is bien, en medio
de la ausencia.
Un abrazo. Dios te bendiga.

Denise disse...

Régia, não estar mais ao lado de seu filho é uma dura provação. Mas veja o lado bom das coisas, vc teve o privilégio de conviver com ele pelos anos q ele esteve ao seu lado. A tristeza no coração deixa triste aquele q está em outro plano. Muita paz!

Cíntia Thomé disse...

Cara Amiga, sim amiga...
todas as razões par eu estar aqui agora e agradeço a Deus que vc se confortou com minhas palavras deveras de sentimento da falta maior nessa terra...enfim, caminhemos e o 'ligare', sempre digo isso, nunca deixará de existir. basta crer no reencontro...um dia partiremos, chegaremos para tantos beijos e abraços..Deus te abençoe. bjus

Cíntia Thomé disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lilia disse...

Sou mais uma mãe que tb e por vontade de Deus, perdi minha amada filha!!!Já fazem seis anos. Ela era linda, muito amiga e companheira. Sinto tds os dia sua falta, penso nela tds os dias é como se faltasse um pedaço do meu corpo. Dói muito perder um filho. Só quem passa, sabe que esta é uma ferida q jamis cicatrizará. Tem dias q doi mais,outros dias doi menos e tem dias que nós mães órfãs de filhos choramos muito. Dói na alma. Mas Deus assim decidiu, talvez por nossos filhos serem tão puros e bons q deveriam estar não aqui , mas ao lado de Deus!!!!UM grande abraço a tdas mães q perderam seus filhos e muita força para continuar na estrada da vida, pq se aqui ainda estamos é pq ainda temos uma ou varias missões a cumprir! Q DEus nos de muita luz e serenidade para aceitar o que não pode ser mudado!!!Amém!!

Anônimo disse...

E nunca pensei passar por isto mais deus quis assim levou meu filho de vinte anos a inda estar tão recente só tem cinco meses eu sinto vontade de morrer pois não sei o que é dia das mães. Sem ele. O que fasso não tenho mais vida.